Olá a todos, em praticamente todos os casos em que clientes enviam seus produtos, na hora de efetuar o pagamento, sempre nos questionam porque não usamos o Mercado Livre e nem o Mercado pago na Reiaudio?

Sou utilizador do Mercado Livre a muitos anos, desde a ápoca do E-Bazar. Comprei e vendi muito na plataforma, inclusive usava o sistema de mediação de pagamentos de uma outra empresa que não me recordo o nome.

Quando o Mercado Livre criou o Mercado Pago eu vendia vestuários e acessórios de ciclismo (meu hobby). Os problemas eram constantes, desde demora de pagamentos até bloqueios que ocorriam sem uma explicação plausível.

 

Quem consegue contato com o Mercado Livre?

Quando havia um problema relacionado com o Mercado Livre ou Mercado Pago era praticamente impossível contato com eles, seja por telefone, email, chat ou qualquer meio utilizado na época. Recorríamos ao site Reclameaqui mas nem sempre eramos respondidos e a resolução demorava, MUITO.

À partir de todos esses problemas na época, resolvi começar a usar o Paypal como forma de mediação de pagamento, mesmo a empresa não sendo brasileira, a atenção ao cliente é algo fora do comum.

 

Caso Recente

Para vocês terem uma ideia, comprei recentemente um produto para a Reiaudio, negociei com o vendedor, li a descrição, vi as fotos e comprei, pago e aguardei a chegada do produto em casa.

Chegou, fui abrir e percebi que faltavam peças. Imediatamente comuniquei o vendedor e pedi moderação do Mercado Livre, quando percebo que a reclamação havia sido encerrada e o dinheiro liberado ao vendedor.

Tudo bem? Nada.. por nenhum lugar no site havia forma de contato para que pudesse reverter o caso, tive que usar pesquisas incansáveis no Google para encontrar um meio de contato, mas com o Mercado Pago.

Após contato como Mercado Pago, disseram que entrariam em contato com o Mercado Livre, uma enrolação sem tamanho.

 

Reclamações no Reclameaqui e site Consumidor.org

Não é difícil pesquisar consumidores insatisfeitos com a plataforma do Mercado Livre e ou Mercado Pago, basta procurar nestes sites especializados.

Índice de reclamações do Mercado pago no site consumidor.org
Índice de reclamações do Mercado Livre no site consumidor.org

 

Abaixo o índice do Reclameaqui

Índice de reclamações do Mercado Livre no site Reclameaqui

 

Não tem como comentar dados, no site Consumidor.org eles até respondem mas não resolvem, no site Reclameaqui isso só ocorreu 2x e estamos falando de quase 110 mil reclamações.

 

E as autoridades o que fazem?

As vezes vejo fiscalizações de alguns orgãos que “representam” o consumidor serem mostradas na TV. Sinceramente, em muitos casos, considero aquilo como só mais um circo midiático sem efeitos práticos.

Nunca vi atitudes efetivas contra empresas que, claramente lesam os consumidores. As plataformas utilizadas prejudicam e dificultam a resolução de forma amigável, sendo que temos que recorrer a justiça.

Mas como um consumidor comum, consegue utilizar a justiça se não tem tempo?

 

Conclusão

Entenderam agora porque não usamos o Mercado Livre e nem o Mercado pago na Reiaudio? na minha modesta opinião a plataforma não é confiável, lesam o consumidor de forma explicita. E o pior de tudo são empresas continuarem a firmar parcerias.

Tenho princípios éticos e não seria nada elegante eu confiar a essa empresa uma mediação com algum cliente meu.

Prefiro muitas vezes compensar o meu cliente com um conserto mais barato do que ser conivente com essas praticas, que na maioria das vezes, lesam o consumidor.

Por fim, uso o Paypal e não tenho a menor intenção de deixar de usar.

Porque não usamos o Mercado Livre e nem o Mercado pago na Reiaudio?
5 (100%) 1 vote
Por favor Conecte para comentar
  Inscrição  
Notificação de