parcelamento do ipva

O PPD 2017 é um programa de parcelamento de débitos oferecido pelo Estado de São Paulo que promove a regularização de dividas com o Estado.

O programa abrange débitos de natureza tributária decorrentes de fatos ocorridos até 31 de dezembro de 2016 e os de natureza não tributária vencidos até 31 de dezembro de 2016 o que auxiliará os contribuintes no esforço para superar as atuais dificuldades. Para débitos de IPVA as regras serão as seguintes:




Relativo ao débito tributário PPD 2017

Redução de 75% (setenta e cinco por cento) do valor atualizado das multas punitivas e moratória e de 60% (sessenta por cento) do valor dos juros incidentes sobre o tributo e sobre a multa punitiva, na hipótese de recolhimento em uma unica vez.

Redução de 50% (cinquenta por cento) do valor atualizado das multas punitivas e moratória e 40% (quarenta por cento) do valor dos juros incidentes sobre o tributo e sobre a multa punitiva, na hipótese de parcelamento.

 

Relativo ao débito não tributário e à multa imposta em processo criminal

Redução de 75% (setenta e cinco por cento) do valor atualizado dos encargos moratórios incidentes sobre o débito principal, na hipótese de recolhimento em uma única vez.

Redução de 50% (cinquenta por cento) do valor atualizado dos encargos moratórios incidentes sobre o débito principal, na hipótese de parcelamento.

 

Débitos 2017

Caso houver débitos do ano de 2017 funcionará da seguinte forma:

Saldo de parcelamento rompido.

Saldo de parcelamento em andamento.

Saldo remanescente de parcelamento celebrado no âmbito do Programa de Parcelamento de Débitos PPD 2015, instituído pela Lei nº 16.029, de 3 de dezembro de 2015, regulamentada pelo Decreto nº 61.696, de 4 de dezembro de 2015, e PPD 2014, instituído pela Lei nº 15.387, de 16 de abril de 2014, regulamentada pelo Decreto nº 60.443, de 13 de maio de 2014, e que esteja rompido até 31 de dezembro de 2016.




Como serão os pagamentos? 

O pagamento dos que aderirem ao PPD 2017 será da seguinte maneira:

Em uma única vez.

Em até 18 (dezoito) parcelas mensais e consecutivas, incidindo acréscimo financeiro de 1% (um por cento) ao mês.

Para fins do parcelamento a que se refere o inciso II deste artigo, o valor de cada parcela não poderá ser inferior a.

R$ 200,00 (duzentos reais), para pessoas físicas ou

R$ 500,00 (quinhentos reais), para pessoas jurídicas.

 

Como Aderir? 

A Adesão ao PPD 2017 pode ser realizada neste site. Faça o login com o seu CPF, é o mesmo cadastro da Nota Fiscal Paulista. Caso não seja cadastrado faça neste site.

PPD 2017 Programa de Parcelamento de Débitos de SP
Avalie Este Post
Por favor Conecte para comentar
  Inscrição  
Notificação de