Olá a todos, em uma das empresas que trabalhei apresentamos a uma grande montadora nacional um encosto de cabeça com uma tela LCD para uma tentativa de homologação como acessório.
Foram dias de testes eletrônicos e mecânicos, milhares de reais gastos em tudo que se pode imaginar, estávamos ansiosos pois, o projeto traria uma boa receita a empresa. Eis que chega o dia do “Crash Test”.

Para quem não conhece, Crash test é nada mais que uma simulação de colisão em uma barreira, normalmente a 40km/h, mas depende dos critérios.
Pois bem, por motivos óbvios não pude acompanhar o teste mas, vi o vídeo.

Crash test automotivo
Exemplo de um Crash Test [Clique para Ampliar]
Nunca imaginei como um acessório que aparentemente, fora bem construído fizesse tanto estrago em um boneco. A colisão simulada foi frontal. O encosto se desprendeu, ou melhor, um dos suportes se quebrou, atingiu o boneco, bateu no para-brisa e o acertou novamente na testa.



O resultado da homologação foi clara, declínio. Não haveria tempo hábil e nem dinheiro para mais testes. O mais inteligente era abandonar o projeto.

 

Efeito Chicote

Quando se fala em entretenimento esquecemos do principal, segurança. Por incrível que pareça, o encosto de cabeça é um dos itens que compõem o sistema de segurança dos ocupantes do carro, tudo nele é pensado, desde a espessura dos tubos de fixação, no material utilizado em sua composição até no comportamento do conjunto em uma colisão.

O principal papel do encosto é absorver impactos de nossa cabeça em caso de colisões traseiras, ajudando a minimizar traumas na coluna cervical, este trauma é decorrente do efeito chicote.

 

ilustração que mostra o efeito chicote em uma colisão traseira
Ilustração do efeito chicote [Clique para Ampliar]

Na imagem acima vemos o resultado de um encosto mal ajustado e na imagem abaixo a diferença entre dois encostos de cabeça.

 

Crash test mostra o comportamento entre encostos de cabeça em uma colisão traseira
Diferença entre encostos de cabeça [Clique para Ampliar]

Em meus anos como técnico automotivo nunca vi uma marca de encosto de cabeça que ofereça segurança, mesmo aqueles que considerei aptos me decepcionou de alguma forma.

Encostos de Cabeça Chineses

O sistema de fixação é deficiente, o ajuste é nulo ou comprometido pela adaptação, sem falar que, adicionamos um peso extra a um local não projetado. Se houver colisão frontal o produto se soltará e será projetado a frente do carro, imagine aproximadamente 1kg a 40km/h, serão quase 13kgs de um objeto sem direção pronto para atingir algum ocupante.

Há um outro problema em questão, o ocupante traseiro não terá mais aquele objeto macio para absorver o impacto de sua cabeça (em caso de colisão frontal), costumo não recomendar este tipo de produto quando o ocupante traseiro não utilize cinto de segurança 3 pontos ou o carro não possua este recurso.



 

 

É difícil deixar de vender um produto e TENTAR convencer a pessoa que isso não é a maneira mais segura de se ter o acessório.

Existem alguns encostos de cabeça que se sobrepõem aos originais, estes são menos danosos e necessitam de menor adaptação, quando vejo que o cliente quer de qualquer maneira o produto que recomendo é este.

 

 

Exemplo de Tela de Encosto Ideal [Clique para Ampliar]

 

Este produto pode ser instalado em praticamente todos os veículos, inclusive nos sistemas fixos de encosto como nos carros da Volvo.

Claro que a imagem acima é uma ilustração, este é um acessório original BMW mas encontramos similares no mercado brasileiro.

 

Conclusão

Agora, antes de comprar um simples acessório para seu carro, imagine os problemas relacionados em sua escolha, não quero que acidentes ocorram, mas se fosse previsível não seria acidente. Pense em seus filhos, são eles que sofrem com escolhas erradas dos pais.

Lembre-se que o mesmo se aplica a encostos com DVD, são ainda mais perigosos devido ao peso.

O perigo dos encostos de cabeça LCD com DVD
5 (100%) 1 vote