radio pirata

Devido a interferência de rádios piratas, esta complicado ouvir determinadas rádios em São Paulo. Neste post tentarei explicar como elas interferem não só em centrais multimídia e receptores comuns mas também em receptores destinados a aviação.

Na faculdade este foi um dos temas que sempre me deixou com dúvidas, a complexidade e a grande quantidade de fatores técnicos envolvidos tornam este tema de difícil dissertação, neste caso recorri às palavras do site do Sr Newton C. Braga para me ajudar a escrever este post, a integra do artigo pode ser encontrada neste link:

http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/telecom-artigos/1714-tel011.html

 

Funcionamento Básico

Quando utilizamos nosso rádio para ouvir uma determinada música estamos selecionando uma frequência. Basicamente e falando da maneira mais simples possivel, o funcionamento é desta forma:

Rádio transmitindo na frequência de 101.7mhz

Central Multimídia recebendo o sinal na frequência de 101.7mhz



Como ocorre o problema? 

O problema ocorre quando rádios piratas ou comunitárias usam transmissores de baixa qualidade ou fora das especificações determinadas pela Anatel, acabam atingindo outras frequências, não só as adjacentes mas também aquelas distantes.

Seguem duas ilustrações que exemplificam o que ocorre:

radio modulada
Imagem retirada do site www.newtoncbraga.com.br

Na figura acima temos o sinal da rádio denominada portadora, observe que ela transmite em uma frequência f0 mas, o sinal acaba atingindo um pouco as frequências adjacentes como mostrado na figura b.

A grosso modo é assim, a frequência 101.7 mhz  atinge uma pequena parte da 101.8 mhz e da 101.6 mhz. Entenderam um dos motivos pela qual as rádios possuem um “espaçamento” de frequência entre elas?

 

Outra situação

Veja outro exemplo de ilustração retirada do site do Sr Newton C. Braga

radio modulada-2
Imagem retirada do site www.newtoncbraga.com.br

 

Observem que a portadora transmite pequenos “ruídos” em outras frequências, interferindo em sinais diferentes.

 

Como isso acontece na prática? 

Nada melhor que um vídeo para mostrar na prática a interferência de rádios piratas em um receptor, no meu caso não é uma central multimídia mas, um cd player “comum”.

 

 

Observem como as rádios Jovem Pan (100,9 mhz) e Alpha Fm (101.7) sofrem com interferências de rádios piratas ou comunitárias em frequências 101.1 mhz, 100.7 mhz e 101.3 mhz.

Inclusive, a rádio 101.1 mhz tem qualidade “superior” às legalizadas, não sofrendo interferência.

 

Por que isso não acontece em todos os receptores? 

Nem todos os receptores são iguais, já tive casos onde produtos da mesma marca e modelo possuíam interferências em rádios diferentes. Por exemplo, produto X tinha interferência na rádio CBN, produto Y não tinha interferência nesta frequência mas possuía em outro.

Como eu disse lá em cima, tudo depende de vários fatores, neste caso é projeto, qualidade de componentes, localidade, veículo e antena, tudo forma um conjunto onde, no final, torna-se mais propicio a interferências em determinadas frequências.

 

No final, a rádio pirata ou irregular é sempre a culpada

Independente do projeto de seu receptor é a rádio pirata que não deveria existir. O ideal é denunciar aos órgãos “competentes”, observe bem, coloquei entre aspas pois, na minha opinião pessoal, estão longe de ser competentes.

Nem preciso dizer que, estas rádios interferem em frequências utilizadas em aeronaves, “poxa Reinaldo, nunca vi avião cair devido a interferência de rádio pirata”…. mas vamos esperar cair para tomar providências?

 

Como denunciar? 

Segue uma lista de sites que ajudam denunciar praticas assim, segue:

http://www.anatel.gov.br/institucional/contato

http://www.abert.org.br/web/index.php/menuradiodifusao/associado-como-denunciar

http://www.agert.org.br/index.php/servicos/denuncie-uma-radio-pirata

http://www.aesp.org.br/paginas_view.php?idPagina=40

 

 

Interferência de rádios piratas
5 (100%) 1 vote
Por favor Conecte para comentar
  Inscrição  
Notificação de